Quarta-feira, 2 de Julho de 2008

Gaita de foles - molhar a palheta, a desmistificação de um mito :)

Desde sempre me disseram que não se pode molhar a palheta da gaita de foles pois isso faz com que a cana comece a rachar, o que é o fim da palheta. Este fim de semana, aprendi, por força das circunstâncias, que isso nem sempre é assim e que, inclusivé, por vezes somos obrigados a molhá-la, se queremos continuar a tocar.
Por volta da hora de almoço, andávamos a tocar já há mais de 3 horas, debaixo de um calor abrasador, a gaita de foles começou a "guinchar" e pensei que a palheta poderia estar fechada demais, o que costuma ser a causa deste "guinchar". Como sempre tinha feito, até à data, tirei o ponteiro e abri um pouco a palheta, o que pensei que resolveria o problema mas, ao contrário do esperado, ela continuava a "guinchar". Sem saber o que fazer, e sem ter mais nenhuma palheta comigo, lembrei-me de molhar a palheta com os lábios e "voilá", problema resolvido ;)
Em actuações de palco, ou em actuações curtas, é natural que isto não seja necessário mas quando andamos a tocar, ao sol, várias horas seguidas, quase de certeza absoluta que esta é a única solução possível.

Boas gaitadas ;)

publicado por mariorui às 09:18

link do post | comentar | favorito

.pesquisar

 

.posts recentes

. Actuação da Fogueira

. Festa do Senhor - Barcouç...

. XII Feira de Artesanato e...

. Actuação no Aldeia Bar - ...

. VII Encontro de gaiteiros...

. Aldeia típica de Matos/Ba...

. Gaita de foles - molhar a...

. Arruada em Olho Marinho e...

. Regras do Bebedor de Vinh...

. As 127 Regras para ser um...

.arquivos

. Fevereiro 2011

. Maio 2010

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

.tags

. todas as tags

.links

.subscrever feeds